top of page
Buscar

Dói aplicar laser?




O laser nada mais é do que uma concentração de “luz” em diversas frequências, onde cada frequência dá nome a cada tipo de laser, que tem sua finalidade específica.

O laser mais disseminado para fins estéticos hoje é o Alexandrite, usado para depilação. Algumas empresas usam ou outro tipo de laser, o de Diodo, não recomendado, já que o resultado deixa muito a desejar e o processo é bem mais dolorido.


O Laser de Alexandrite queima o bulbo capilar onde nasce o pelo, e, com isso, elimina a possibilidade do nascimento do pelo naquele bulbo. Até por “queimar” o bulbo, é um laser “mais agressivo”, sendo aplicado, sempre, com um resfriador, para dar mais conforto ao cliente.


Todavia, fora este laser os demais utilizados na “estética a laser”, são muito menos agressivos e, em regra, são utilizados até mesmo sem o resfriador.

O Laser Erbium, utilizado para rejuvenescimento, tratamento de cicatrizes e marcas de acne, pode ser utilizado sem qualquer sistema de resfriamento. A sensação do cliente é que tomou um “torrão de sol” sem proteção. Se sentir que pode ser desconfortável, pode ser aplicada uma simples pomada anestésica.


Outros lasers utilizados, como o Q-Switch, para remoção de manchas e melasmas ou o ND-YAG, para clareamentos, são basicamente indolores, não havendo a necessidade de qualquer intervenção para amenizar dor (exceto para remoção de tatuagem, que precisa ser aplicado em uma frequência mais profunda para destruir o pigmento de tinta).

No geral, os tratamentos a laser são bastante confortáveis, sem dor, e, para alguns casos, podemos utilizar pomada anestésica, tornando tudo absolutamente indolor, ou o resfriador, para alguns determinados tratamentos, garantindo o conforto de todos os clientes.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page